Dicas e informações sobre Windows Server, Powershell

Windows Power Shell. Por onde começar!?

Imagem 01 – Windows Power Shell

Olá pessoal! Tudo certo por aí?

Conhece o Windows Power Shell? Sabe quais são suas utilidades?

Você que já é da área de T.I com certeza já deve ter pego algum cmdlet na internet para resolver alguma demanda do dia a dia, né? Mas não sabia realmente o que estava fazendo, certo? (Já fiz isso algumas vezes ) E isso pode custar caro algum dia (Todos nós estamos sujeitos a isso, então, atenção aí nos scripts). Mas e você, que está começando agora ou até mesmo não é da área, o Power Shell é essa janelinha azul acima, a qual você pode realizar tarefas como gerenciamento de computadores/servidores remotamente, instalação de roles e features em servidores Windows, execução de scripts, gerenciamento de sua assinatura do Azure, etc. Ele pode ser sua arma mortal do dia a dia!

Bom, vou dar um exemplo de como o Power Shell me ajudou, há algum tempo atrás, trabalhava realizando implantação de sistemas em vários clientes e o processo de instalação era manual ou seja, tinha que realizar uma série de atividades, tais como acessar repositórios, baixar requisitos, conferir a arquitetura do S.O no cliente, configurar diretórios locais, regras no firewall do Windows… Para depois realizar a instalação. Agora, imagina fazer essa atividade em vários clientes ao mesmo tempo (E com a correria do dia a dia!), baixar uma versão 32 bits para um sistema 64 bits “É as vezes acontecia :(“ esquecer de fazer alguma das atividades citadas e na hora de instalação do sistema, dar algum erro =/. Complicado, não?

Então pensei “Seria legal se eu conseguisse automatizar isso aí!” “que tal um script que fizesse todas essas atividades para implantar o sistema?”. Nessa época não tinha muito conhecimento para manejar a ferramenta, então queimei muitos neurônios para aprender e pensei comigo mesmo “Na pior das hipóteses não irá funcionar”. Bom e foi isso que fiz! Fiz poucas pesquisar na internet para realizar a construção do script, ele foi construído com o auxilio do próprio Power Shell! Legal, não? E é isso que irei apresentar para vocês hoje! Ah, claro. Após concluído, compartilhei o script com meus colegas de equipe=D.

E então, mudou de opinião agora quanto a telinha azul (Você pode alteras as cores dela de acordo com seu gosto também rsrs)? Espero que sim! Irei explicar um pouco sobre o funcionamento do Power Shell, como usar os CMDLETS (pronuncia-se “command-let”) e melhor, como aprender com a própria ferramenta! Vamos lá?

Como que o Power Shell funciona?

O Power Shell usa um sistema de nomenclatura para cmdlets muito simples onde utilizamos “verbo-substantivo”. Os verbos do Power Shell nem sempre são verbos em inglês, mas expressam ações específicas no Power Shell. E os substantivos descrevem tipos específicos de objetos que são importantes na administração do sistema.

O Power Shell tem um conjunto padrão de verbos tais como Get, Set, Install, etc. Os substantivos são menos restritos, mas sempre descrevem o que o verbo age. Como Get-Process, Get-Date, Install-WindowsFeature.

É simples entender o que um cmdlets faz, vamos analisar o New-Vhd juntos? Para isso, irei usar o cmdelt Get-Help o qual me fornece informações sobre a utilidade do cmdlet e você consegue até mesmo exemplos utilizando o parâmetro -Examples, legal, né?

Imagem 02 – Get-Help

O Get-Help pode te ajudar em várias situações, conforme a saída acima, você consegue visualizar a sintaxe do cmdlet e a descrição dele. Acredite, isso ajuda MUITO no dia a dia! Então vamos pegar um exemplo de execução para esse cmdlet?

Imagem 03 – Get-Help -Examples

Toda vez que tiver dúvida na utilização de algum cmdlet, utilize o Get-Help mais o cmdlet desejado e caso fique desconfortável com a interface, acrescente o parâmetro -Online conforme a imagem abaixo. Será aberto uma aba no seu browser contendo mais informações sobre o cmdlets desejado.

Imagem 04 – Get-Help -Online

Muito legal, né? Agora vamos para o Power Shell ISE? É com ele que criamos nossos scripts. Você que não sabe o que é, script é um texto com uma série de instruções ordenadas para a execução de ações. Em cada linha do ISE você descreverá uma sequência de cmdlets para atender suas necessidades. Clicando no botão marcado, você consegue listar todos os cmdlets do Power Shell inclusive separando-os por módulos, acredite em mim, irá te ajudar bastante.

Imagem 05 – Power Shell ISE

Por exemplo, vamos visualizar o cmdlet New-Vhd na console do ISE. Você verá a sintaxe do comando, como se tivesse utilizado Get-Help New-Vhd. E clicando no ponto de interrogação, você consegue ver a descrição individual de cada parâmetro.

Imagem 06 – Comandos no Power Shell ISE

Bom, agora é com você! Deixem suas dúvidas nos comentários.

Imagem 06 – Feliz Natal!

3 Comments

  1. Gabriela's Gravatar Gabriela
    January 5, 2019    

    Adorei a abordagem ao POSH!
    Obrigada por compartilhar seu conhecimento, amigo.

    • January 5, 2019    

      Que bom que gostou Gabriela!
      Em breve terá mais material no blog!

  2. September 8, 2019    

    Spot on with this write-up, I actually think this web site needs way more consideration. I’ll in all probability be again to learn rather more, thanks for that info.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.